Comercio Eletronico 3

Qual a infra-estrutura tecnológica necessária para uma operação de comércio eletrônico?

Você que esta pensando em dar um passo em direção à modernidade e expandir seu negócio por comércio eletrônico, pode estar se perguntando o que seria necessário para garantir uma operação com menos riscos, explorando as oportunidades que se abriram com a tecnologia, para tirar algumas delas e colocar algumas outras, a Nashua Comunicação elaborou este roteiro que pretende iniciá-lo neste fantástico universo da tecnologia e dos grandes números também!

Dando seqüência ao passo a passo para planejamento e operação de comercio eletrônico, vamos entender qual  a infra-estrutura tecnológica necessária para estruturar uma operação de e-commerce.

Para tornar mais fácil o entendimento, segmentamos em 03 unidades de negócios, sendo:

- Unidade de Marketing
Esta unidade será responsável pelo planejamento e monitoramento do relacionamento com cliente/mercado:

Plataforma de E-commerce – front end onde acontece toda a mágica do negócio.
A escolha da plataforma que acolherá sua loja virtual é de vital importância para o sucesso da operação de comércio eletrônico, pois é lá que acontecerá:

. Cadastramento comercial dos produtos, com especificações técnicas e apresentação dos produtos aos consumidores de sua marca, de forma agradável, clara, objetiva e completa, bem como fotos dos produtos (que devem ser com qualidade) para ilustrar a apresentação para seu futuro cliente, portanto não há como negligencias este ponto que é de extrema importância.

. Gestão de comunicação (banners e ofertas), Exposição de banners que carregam alguma motivação para a compra, bem como ofertas e promoções fazem parte do arsenal de comunicação a ser utilizado para “tocar e seduzir” o potencial consumidor do seu produto, aqui também a qualidade é super importante, tente não carregar com “luzinhas” que piscam e cores muito fortes que possam agredir visualmente e sim conviá-lo a permanecer no site pesquisando e comprando, como num supermercado, que faz sempre convites para você passear pelas gôndolas, quem sabe você se entusiasma e acaba comprando alguma coisa, não é verdade?

. Captura de pedidos;
O ato da compra tem que ser super objetivo, cadastramento só com dados que sejam imprescindíveis para realizar a venda, sem pesquisas ou qualquer outro evento que possa captar a atenção do comprador neste momento solene.

. Relacionamento com o cliente.
Ofereça informações, oportunidades de conhecer melhor sua empresa e seus produtos, é importante também oportunidades para que o consumidor interaja com sua marca, nem que seja por meio de reclamações (lembre-se de que é uma excelente oportunidade de fazer um reclamante em um anunciante do seu produto)

. Gerenciamento das interações com o mercado
Monitore sempre e gerencie as interações, quer seja email marketing, Google Adwords, Redes Sociais, Comparadores de Preço, não importa qual seja, estimule, monitore e gerencie a comunicação e certamente você vai aprender detalhes interessantíssimos sobre seu consumidor, sua empresa e seu mercado.

- Gateway de Pagamento
Importantíssimo para o sucesso da operação de comércio eletrônica , é a ponte entre a plataforma e operadores de cartão de crédito.

Direto: Nesse modelo, o gateway de pagamento é integrado entre a plataforma de comércio eletrônico, ferramentas de análise de riscos e as operadoras de cartão de crédito e trâmites bancários como boletos e transferências entre contas.

Intermediador de pagamento:Nesse modelo uma empresa terceira assume a gestão financeira (instituições bancárias) e de análise de riscos das transações.
A única integração necessária é entre a plataforma de comércio eletrônico e a solução intermediadora.

-Unidade de Operação
Aqui acontece a gestão do negócio, como a analise e operação dos processos internos, a retaguarda da operação que organiza e distribui o fluxo automatizado de informações.
Back-office ERP
– Gerenciamento de pedidos, clientes, produtos, financeiro Cadastro técnico dos produtos;
- Gestão de pedidos;
- Controle de processos;
- Gestão de produtos (cadeia de produção).
- Controle de produtos (cadastro);
Controle de estoques;
- Conciliação financeira/fiscal;
- Relatórios de desempenho (curva ABC, CMV,etc).

- Unidade de Logística
Armazenagem e movimentação de mercadorias, normalmente utilizado em grandes operações onde o alto volume de vendas e produtos necessita de sistema gerenciador.
Gerenciamento de pedidos e estoque
Gestão do estoque (recebimento e armazenagem);
Controle dos processos (picking e packing);
Controle logístico (despacho).
Assim como no ERP, o modelo mais freqüente de comercialização das ferramentas de WMS é o baseado no modelo de venda de licença, seu custo de aquisição é determinado em função do nível de módulos de controle e do número de usuários do sistema
Agendamento e recebimento;
- Endereçamento;
- Armazenamento;
- Separação;
- Expedição;
- Abastecimento de linhas de produção.

Como você percebeu nas 03 unidades de negócios existem recursos para automatização e ampla oferta de softwares em para cada unidade, nos próximos posts vamos explorar algumas possibilidade existentes no mercado, esperando com isto ajudá-lo a evoluir na sua decisão de expansão dos negócios por comércio eletrônico.
Visite www.nashuacomunicacao.com.br e veja alguns cases de sucesso.

Edson P. Ribeiro
Foi executivo de empresas como Freios Varga, Xerox do Brasil, é Palestrante, Escritor e CEO da Nashua Comunicação

 

 








Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>